top of page

A importância e o uso das abordagens multissemióticas e multimodais

Atualizado: 27 de jun. de 2023


Quando pensamos no avanço dos métodos de ensino ao longo dos anos, levamos em conta a influência que o exterior social possui dentro das salas de aula e, mais do que apenas o uso da tecnologia, dos computadores e da internet, podemos entender como os recursos utilizados para trabalhos em sala de aula podem/devem se mesclar com a realidade do aluno, além de se tornarem compreensíveis somadas a língua escrita.

As abordagens multissemióticas e multimodais oferecem ao professor a possibilidade de expandir a forma de seu aluno obter o conhecimento, através da utilização de imagens e outros meios de comunicação, como gestos, cores, imagens e animações, é possível potencializar a interpretação do texto. Para além da linguagem escrita, utilizar um dialeto abrangente em sala de aula possibilita maior envolvimento com o que está sendo estudado.

Com o foco no contexto escolar, porém pensando sobre uma visão onde o aluno não está apenas incluído nele, mas sim fazendo parte de algo que vai além dele, as leituras multissemióticas e multimodais podem dar sentido a coisas que fazem parte do dia-a-dia dos estudantes, como placas de trânsito, por exemplo. Algumas possuem textos ou são apenas imagens, enquanto outras possuem uma junção dos dois. Ministrar uma aula de compreensão de texto utilizando desses elementos acrescentaria de inúmeras formas ao conhecimento dos alunos.

Outra forma de incluir essas abordagens de uma forma mais social, é interpretar videoclipes de músicas conhecidas pelos alunos, fazendo uma comparação com o que está sendo cantado e as cenas do clipe. Como Roxane Rojo fala em seu artigo Pedagogia dos Multiletramentos (pg. 5.), sobre a importância de dar espaço para a cultura do outro e entender seus próprios critérios em relação a mesma, é preciso saber lidar com o que o aluno trás de fora, e isso, na maioria das vezes, envolve os fenômenos visuais presentes nessas formas de ensino.

Considerando isso, é necessário enxergar a transmissão de conhecimentos através de textos com uma visão mais ampla, buscando uma inovação na forma de pensar o currículo, entendendo que é possível trabalhar de diferentes formas, que incluam o conhecimento prévio de seus alunos, tornando a sala de aula em um espaço para a troca de saberes.


25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page